O Preguiçoso

O Preguiçoso

4º Aula - 23/09/2018 - O Preguiçoso - Provérbios 6:6

Todas as Classes

Tema: O Trabalho na Obra de Deus

Áudio: Encontro com professores

 

4ª Aula: O Preguiçoso

Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, olha para os seus caminhos e sê sábio.” Pv 6:6

O objetivo desta aula é despertar as classes a serem trabalhadores, tanto na Obra de Deus, como na vida secular.

Introdução

Estamos aprendendo sobre o trabalho na Obra de Deus. Já vimos como Neemias era trabalhador, esforçado, e como ele teve um coração voluntário em realizar a Obra do Senhor.

Mas existe aquele que não gosta de trabalhar. Como ele é chamado? Preguiçoso. Vamos meditar com esse ensino: Será que estamos sendo preguiçosos? Será que temos sido acomodados em servir ao Senhor? Será que sempre deixamos para fazer as coisas depois?

Vocês sabiam que o preguiçoso não se considera preguiçoso? Ele se considera até sabido demais (Pv 26:16). Mas hoje vamos ver qual é o conselho do Senhor para ele.

Desenvolvimento

Salomão era filho do rei Davi. Ele pediu ao Senhor sabedoria para governar o povo de Deus e o Senhor atendeu sua oração. Inspirado por Deus, ele escreveu o livro de Provérbios. Este livro contém muitos ensinos que falam do relacionamento do servo com Deus e com as demais pessoas. Ele também nos ensina sobre o preguiçoso.

O rei Salomão, que é tipo do Espírito Santo, nos conta uma lição que aprendeu quando passou pelo campo de um homem preguiçoso e tolo (sem sabedoria). Aquele campo tinha uma vinha que não estava sendo cuidada pelo seu dono. Ela estava cheia de espinhos, de mato e com o muro caído. Será que ela daria frutos? Certamente que não. (Pv 24:30-31)

O rei olhou para aquela plantação de uvas abandonada e aprendeu algo muito importante: “Durma um pouco mais, cruze os braços e descanse mais um pouco; mas enquanto você estiver dormindo, a pobreza lhe atacará como um ladrão.” (Pv 24:32-34). Como é séria esta palavra!

Esta vinha representa a Obra de Deus na nossa vida. Não podemos deixar de cuidar, de zelar por ela, deixando-a de lado. Mas hoje, muitos estão desprezando as coisas do Senhor. Não vão aos  cultos,  à  Escola  Bíblica  Dominical,  não  oram,  não  leem  a  Palavra  de  Deus.  E  o  que acontece? O coração fica como aquele campo, cheio de mato e espinhos, cheio de coisas que não agradam ao Senhor.

Muitos estão sendo como o preguiçoso, que deixou o muro da vinha ser destruído (Pv 24:31). Muro é defesa, é proteção. Quando deixamos de santificar a nossa vida (mentira, música mundana, etc.), deixamos de ter a proteção do sangue de Jesus. O nosso coração passa a ter espaço para que o adversário roube a maior riqueza que temos, que é a salvação em Jesus.

Mas o Senhor dá um conselho maravilhoso para ele mudar: Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, olha para os seus caminhos e sê sábio.” Pv 6:6

Por que ir ter com as formigas? As formigas, apesar de serem tão pequenas e frágeis, são trabalhadoras e organizadas. Elas são cheias de sabedoria. No verão, trabalham levando alimento para o formigueiro (suas casinhas) a fim de terem comida no inverno, quando não podem sair de tanto frio, vento e chuva. Cada uma sabe muito bem o que tem que fazer.

Elas carregam o alimento pesado, mas se ele cai, elas voltam para buscar. Não desistem, pois são persistentes. Persistir é não desistir, é manter-se firme. É perseverar!

Através da formiga, Deus quer que tiremos o ensino espiritual. Precisamos aprender com elas a aproveitar o tempo, a não gastá-lo de qualquer maneira, porque o tempo não volta e as oportunidades acabam. Precisamos ser organizados.

A criança, intermediário e adolescente que é organizado, sabe que tem o tempo certo para cada coisa: hora de estudar, de brincar, de arrumar para ir à igreja sem se atrasar. Então, ninguém vai deixar de ir à igreja porque deixou de estudar ou fazer o dever de casa na hora certa. Precisamos dar valor ao momento do culto, às coisas do Senhor. “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Mt 6:33

Imaginem se as formigas não trabalhassem no verão! O que aconteceria com elas no inverno? Elas morreriam de fome, pois não teriam alimento. Mas elas sabem aproveitar bem o seu tempo, porque são sábias e trabalhadoras.

Deus não quer crianças, intermediários e adolescentes preguiçosos. Vejam como age o preguiçoso: se a mãe não arrumar o quarto e não juntar os brinquedos, fica tudo espalhado. E quando a mãe resolve chamá-lo para fazer os deveres da escola, organizar o quarto, sabem qual é a resposta dele? “Espera aí...”, “Depois eu vou...”, “Ô mãe, eu estou cansado...”.

O preguiçoso não quer que ninguém o incomode, e como não gosta de trabalhar, sempre arruma uma desculpa quando alguém pede para fazer alguma coisa (Pv 6:9-10). Mas se a mãe ou avó insiste, ele levanta emburrado e faz tudo de qualquer maneira, mal feito, para voltar depressa para dormir, ou para ficar em frente da TV, tablet ou celular.

Nós não queremos ser preguiçosos, queremos ser como as formigas, que buscam seu alimento na época quente do ano. A busca pela bênção do calor do Espírito Santo é agora. Quando chegar o inverno, que é a frieza espiritual, estaremos confiantes em Deus. “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.” Is 55:6

O  Senhor  quer  ver  crianças  convidando  amiguinhos  para  a  Escola  Bíblica,  intermediários orando  na  igreja.  Adolescentes  louvando  ao  Senhor  com  alegria,  sem  serem  mandados: “Canta, fulano!”. Vamos buscar ao Senhor e aprender a Palavra de Deus enquanto é tempo.

Conclusão

O servo que trabalha na Obra de Deus, que é esforçado e disposto, vai crescendo a cada dia na presença do Senhor e é abençoado em tudo. Ele tem disposição para estudar, ele ajuda nos trabalhos de casa e com isto demonstra que honra seus pais.

Já o preguiçoso só tem prejuízo, só reclamação e nada vai para frente na sua vida. Mas hoje todos nós vamos guardar este ensino  maravilhoso no  nosso coração: que precisamos ser trabalhadores como as formigas, e assim, vamos ser grandemente abençoados por Deus.

Louvores Sugeridos: Quatro coisas tão pequeninas (172), Servo do Senhor eu sou (159).

Pergunta para Crianças e Intermediários: O Senhor nos ensina a não sermos preguiçosos e nos aconselha a sermos trabalhadores e sábios como qual animalzinho? Resposta: As formigas. “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, olha para os seus caminhos e sê sábio.” Pv 6:6

Pergunta para Adolescentes: Qual o conselho que o Senhor deixa em Provérbios 6:6 para o preguiçoso? Resposta: “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, olha para os seus caminhos e sê sábio.” Pv 6:6

 

O material desta aula está disponível no site: http://sites.institutoicm.org.br/cias

Acesse no Facebook do trabalho: http://www.facebook.com/ciasmaranata

Assista o programa “Encontro com Professores”:  http://www.radiomaanaim.com.br

 

Para acessar os demais materiais dessa aula baixe o App Bendita Palavra 

Clique aqui Baixe o App Bendita Palavra

Atenção: App em fase de testes e ajustes. Instale o nosso app e nos envie sugestões para ajustes...