Culto de Senhoras

Culto de Senhoras

   

Áudio: Quadro Lâmpada para os meus Pés - 13/08/2018

Para baixar esse áudio acesse: http://www.radiomaanaim.com.br/

 


🌎✅ CONTRIBUIÇÃO- EBD

-> Investidas.


ÉFESO.

-> Investida com maior ênfase: Oposição à introdução do ensino doutrinário.

-> A investida "com maior ênfase" é contra o Pai, pois ele é o dono do projeto que instituiu a igreja pelo seu poder (os sete castiçais de ouro descritos no início da carta de Éfeso). Opor-se ao ensino doutrinário poderia por em cheque a existência dos "sete castiçais de ouro", uma vez que a igreja só sobrevive se houver a doutrina genuína (neutralizando a doutrina, neutraliza automaticamente também a igreja, assim ofendendo o dono do projeto que é o Pai).

ESMIRNA.

-> Investida com maior ênfase: Morte física.

-> Investida cumulativa (com menor ênfase): Oposição à doutrina iniciada em Éfeso.

-> A investida "com maior ênfase" é contra o Filho, pois a morte física promovida pelo adversário tinha o objetivo de fazer os cristãos desacreditarem na ressurreição de Jesus Cristo (aquele que foi morto e reviveu, ou seja, ressuscitou). Neste sentido a morte física era para "abafar" a difusão da doutrina e o testemunho da ressurreição.

PÉRGAMO.

-> Investida com maior ênfase: Mescla para dentro da igreja.

-> Investidas cumulativas (com menor ênfase): Oposição à doutrina iniciada em Éfeso + morte física iniciada em Esmirna.

-> A investida "com maior ênfase" é contra o Espírito Santo, pois a ação da mescla em inserir o Estado para dentro da igreja é uma união estranha em substituição ao genuíno Espírito de União que é o Espírito Santo. Pelo projeto de Deus, o Espírito Santo faz a ligação entre o Cabeça (Jesus) e o Corpo (igreja). Mas pelo projeto do adversário ocorre a união entre o Estado e a igreja.

TIATIRA.
-> Investida com maior ênfase: Mescla para dentro da trindade.

-> Investidas cumulativas (com menor ênfase): Oposição à doutrina iniciada em Éfeso + morte física iniciada em Esmirna + mescla de diversos assuntos mundanos para dentro da igreja iniciada em Pérgamo.

-> A investida "com maior ênfase" é contra a trindade Pai + Filho + Espírito Santo, isso porque a parábola respectiva demonstra a ação da mescla em inserir o "4° elemento junto à trindade", o que descaracterizaria o formato "trindade" dando surgimento ao "quarteto": Uma mulher que toma uma medida de fermento e insere nas três medidas de farinhas. Houve a inserção de Jezabel profética, agente feminino na imagem de Maria que na verdade é uma projeção do adversário para que os fiéis cometam o pecado de idolatria e por consequência caiam da graça.

 


Envie a sua Contribuição, para o Culto de Senhoras via WhatsApp! 

Material para: EBD, Aulas CIA e Culto de Senhoras entre outros... 

Clique  AQUI para enviar sua contribuição.

 


Baixar Circular

 

Baixar Exemplo de Culto Semanal


🎀🌹 ROTEIRO PARA A SEMANA LIVRE-CULTO DE ORAÇÃO 🎀🌹


A escala continua inalterada, quando não houver transmissão no domingo, a quarta seguinte será de oração, portanto, a senhora escalada para o louvor, fará o período.

Na semana em que não houver a transmissão da EBD, será assim:

1- primeiros 15 minutos:

🌹Clamor
🌹Hino de clamor
🌹Glorificações
🌹Cinco minutos de oração silenciosa

🎼Hino de Louvor

🌹 Intercessões reveladas, 
♡Gravidas

♡Viúvas e idosos

♡Irmãs que não convivem com os esposos

♡Vida profissional e local de trabalho dos servos para bênção de livramento e prosperidade

♡ Fortalecimento espiritual dos nossos lares,visando o momento profético que livre nossos lares da frieza espiritual.

♡ Crianças, intermediários, adolescentes

♡ Jovens:vida espiritual, profissional e estudos.

🎼Hino de Louvor.

🌹 Intercessões gerais
♡ Ministério local
♡ Enfermos
♡ Motivo do mes

🌹 Motivos da igreja local, Presbitério, etc.

🎼Louvor de encerramento

📖Ler um versículo, que tenha a ver com oração.

*OBS:*Não haverá nenhum comentário, só ler um versículo
E encerrar a reunião.

 

 


Arquivos Úteis

Apostila_Servas_Senhoras.

Runiao Sras_4a_Feiras.pdf

ORIENTACOES_SOBRE_AS_FLORES.doc

Principios_eticos_para_as_irmas1.doc