A Perseverança do Servo de Deus

A Perseverança do Servo de Deus

3ª Aula - 16/09/2018 - A Perseverança do Servo de Deus - Neemias 6:3

Áudio Encontro com Professores

 

Todas as Classes

Tema: O Trabalho na Obra de Deus

3ª Aula: A Perseverança do Servo de Deus

E enviei-lhes mensageiros a dizer: Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” Ne 6:3

O objetivo desta aula é levar as classes a perseverarem em servir ao Senhor e a realizarem a

Obra de Deus.

Introdução

Nas aulas anteriores vimos que Neemias liderou a reconstrução dos muros e portas da cidade de Jerusalém. Assim, o povo de Deus não seria mais saqueado e os inimigos não entrariam mais na cidade. Mas haviam aqueles que queriam que a cidade continuasse desprotegida e que seus habitantes permanecessem pobres e derrotados. Hoje vamos ver, no exemplo de Neemias, a perseverança do servo em realizar a Obra de Deus.

Desenvolvimento

Quando Neemias e o povo começaram a reconstruir os muros e as portas de Jerusalém, o que os inimigos fizeram? Zombaram, criticaram, dizendo que eles eram fracos. Inventaram toda a sorte de mentiras para fazer Neemias desanimar. Mas Neemias perseverou em realizar a Obra de Deus. Perseverar é não desistir, é se manter firme no seu objetivo.

Sambalate, Gesém e Tobias, inimigos do povo de Deus, viram que as críticas não deram certo, pois a construção dos muros já havia terminado. Agora só faltava colocar as portas da cidade. Então, Sambalate, Gesém e Tobias agiram com astúcia, fazendo parecer que eram amigos de Neemias, mas na verdade, não eram. Eles fizeram um convite: “Vem, e vamos todos nos reunir nas aldeias no vale de Ono...” Ne 6:2b

As aldeias do vale de Ono eram como cidades pequenas e ficavam longe de Jerusalém. À primeira vista, aquele convite era para Neemias fazer um acordo com aqueles homens. Aparentemente, as coisas seriam resolvidas. Mas o que aqueles homens queriam mesmo, era atrair Neemias para tirar-lhe a vida. Eles queriam fazer parar aquela grande obra.

Será que Neemias aceitou aquele convite? Não. Ele discerniu, percebeu que aqueles homens queriam fazer-lhe mal e, assim, aquela Obra não terminaria. O servo do Senhor, tem a direção do Espírito Santo, por isso não é enganado. Sua resposta foi firme: “Estou fazendo uma grande obra...”. (Ne 6:3)

Por que grande obra? Porque os muros e portas eram a proteção, a segurança da cidade Jerusalém. Com os muros e portas edificados, o inimigo não entraria mais na cidade, e isso seria uma grande vitória para o povo de Deus. O povo agora teria alimento e estaria protegido. Como vimos na aula passada, os muros e as portas falam da santificação em nossas vidas, que nos separa deste mundo.

Neemias disse mais: “Não poderei descer, por que cessaria esta obra para ir ter convosco?” (Ne 3:3). Descer de Jerusalém e ir para o vale, era sair do lugar, da posição que se encontrava, era abandonar o projeto de Deus para o qual ele foi chamado. Era ceder às investidas do inimigo.

Por quatro vezes insistiram no convite, mas Neemias perseverou no seu propósito, se manteve firme, definido. Ele demonstrou que a Obra de Deus era seu bem maior, era a coisa mais importante para ele.

Será que hoje enfrentamos situações como essa de Neemias? Sim. Nós temos muitos colegas, que se dizem amigos, como Gesém, Tobias e Sambalate. Muitos nos dizem: “Vamos ao show!”; “Vamos jogar videogame na hora do culto? Pra que ir no culto todo dia?”; “Eu gosto muito daquele cantor de rock, vamos ouvir as músicas dele?”; “Por que você não “fica” com aquele menino(a). Todo mundo faz isso aqui na escola?”; (Usar exemplos de acordo com a classe.)

 

Muitas vezes, aqueles que se dizem nossos amigos, como Gesém, Tobias e Sambalate, são insistentes. Chamam uma, duas ou mais vezes. Não desistem de nos chamar para fazermos coisas que não agradam a Deus. E esses convites, aparentemente, não têm “nada a ver”, mas a verdadeira intenção é nos desviar da presença do Senhor, tirando o nosso direito de vida eterna. A Bíblia diz que aquele que se faz amigo do mundo é inimigo de Deus. (Tg 4:4)

 

A quem você vai dar ouvidos? Às vozes de falsos amigos que só vão te levar a caminhos que não agradam ao Senhor, ou à voz do Espírito Santo que te conduz à vida eterna? “Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.” Pv 14:12

 

A posição de Neemias foi de DEFINIÇÃO e PERSEVERANÇA. Ele resistiu, não cedeu, não voltou atrás. Depois de quatro vezes tentando enganar Neemias, agora, os inimigos enviaram cartas inventando mentiras acerca dele. Mas ele tinha confiança no Senhor e orou dizendo: “Todos eles procuram nos atemorizar dizendo: As suas mãos largarão a obra, e ela não terminará. Agora pois, ó Deus esforça as minhas mãos.” (Ne 6:9)

 

Qual foi o resultado da perseverança de Neemias? Depois de cinquenta e dois dias os muros foram construídos e pouco tempo depois as portas foram colocadas. Agora a cidade estava fortificada, protegida. Todos aqueles inimigos, e até pessoas das nações vizinhas souberam disto e temeram. Eles reconheceram que o Deus Todo Poderoso estava à frente e fizera aquela grande Obra.

Conclusão

Neemias e o povo perseveraram em fazer toda a vontade de Deus. Quem conhece esse Deus vivo, não volta atrás, não troca por nada, está definido, tem um coração voluntário e disposto. “Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” Ne 6:3b

Que possamos ter um coração voluntário e perseverar em realizar a Obra de Deus, até o grande dia em que Jesus voltar para buscar a Sua igreja. Maranata! O Senhor Jesus vem!

Sugestões de Louvores: Andai na minha presença (162), Com Jesus vencedor serei (125).

Pergunta para Crianças e Intermediários: Para quem Neemias pediu que suas mãos fossem fortalecidas para prosseguir no trabalho de construção dos muros e portas de Jerusalém? Resposta: Para o Senhor Deus. Agora, pois, ó Deus, fortalece as minhas mãos.” Ne 6:9

Pergunta para Adolescentes: Qual foi a resposta de Neemias quando seus inimigos tentaram enganá-lo, chamando-o para ir se encontrar com eles? Resposta: “Estou fazendo uma grande obra, de modo que não poderei descer. Por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” Ne 6:3b

 

O material desta aula está disponível no site: http://sites.institutoicm.org.br/cias

Acesse no Facebook do trabalho: http://www.facebook.com/ciasmaranata

Assista o programa “Encontro com Professores”:  http://www.radiomaanaim.com.br

 

Para acessar os demais materiais dessa aula baixe o App Bendita Palavra 

Atenção: App em fase de testes e ajustes. Instale o nosso app e nos envie sugestões para ajustes...